Recebi por email dos próprios fundadores (tenho uma conta lá), mas o Mário havia me avisado antes: o JotSpot, um serviço de colaboração online (na minha opinião, o melhor de todos) foi comprado pelo Google.

O próprio JotSpot publicou um FAQ sobre o assunto. Vale a pena conhecer mais o serviço. Ele se baseia em wikis para criar uma série de aplicativos como calendário, compartilhamento de arquivos, gerenciamento de projetos, blogs e outros. Mas, para mim, o aplicativo mais interessante é o knowledge base (“base de dados”), que permite que se crie diversas páginas que podem representar diversos assuntos em um ambiente colaborativo. Pode-se também incluir anexos e comentários.

Como eu sou um dos felizardos que já possuíam uma conta antiga do JotSpot, posso conferir ao vivo a “googlenização” do serviço.

Já posso afirmar que houve uma reformulação no aspecto gráfico e na facilidade de se inserir/editar conteúdo. Antigamente para se incluir um link era preciso saber o código do próprio JotSpot para isso. Atualmente, basta clicar no botão apropriado e navegar dentre o conteúdo.

Minha conta passou de ‘free’ para ‘unlimited’. Isso fez com que a principal limitação para que eu usasse o JotSpot fosse eliminada. Cada elemento de conteúdo que é inserido é considerado como uma página. Mas na versão free era possível criar apenas 10 páginas. Isso era muito pouco. Obviamente, pagando-se um pouco a mais (cerca de 30 dólares) era possível aumentar ou mesmo eliminar essa restrição. Porém, com o anúncio da compra pelo Google o serviço não será mais cobrado. Pelo menos não desse modo.

O TechCrunch tem uma análise do assunto: Google Acquires Wiki Collaboration Company Jotspot

No tag for this post.