Notícia um pouco velha, mas estive sem tempo de escrever aqui.



Se você não esteve em Júpiter estas últimas semanas, deve ter ouvido falar da carta que o Steve Jobs escreveu para as gravadoras pedindo para que o DRM (Digital Rights Management) das músicas do iTunes seja abolido. (Leia a carta, é rápido)



Logo depois, o Michael Robertson (do MP3tunes.com) escreveu sua própria resposta ao Steve Jobs, apontando uma série de tarefas que a Apple poderia adotar já para amenizar a questão do DRM. Vale a pena ler.



E melhor ainda, a RIAA (é a associação que irá te processar um dia por baixar tantos CDs via torrent) publicou uma nota onde agradece ao Steve Jobs por estar licenciando a tecnologia de DRM dentro do iTunes/iPod. O quê? Na carta ele fala sobre os motivos de NÃO licenciar a tecnologia (chamada pela Apple de FairPlay). Pois é. A RIAA confundiu tudo. Pode ter sido proposital. Ou não. Vai saber o tipo de pessoa que trabalha lá…



E logo em seguida, a EMI (uma das 4 grandes gravadoras, ao lado da Warner, Sony BMG e Universal) disse que já estaria negociando a venda de músicas sem DRM.



E obviamente, há o comentário de toda a blogosfera sobre este assunto. Use o technorati e divirta-se!

No tag for this post.